20 de janeiro de 2012

Uma longa e verdadeira história ...


PRA QUEM TIVER INTERESSE, CLIQUE EM: LEIA MAIS ^^'


         Uma garota era apaixonado por um garoto, e vice versa... Ambos se amavam, de alguma forma, sabiam que teriam uma vida juntos, sem seguir caminhos diferentes, mas sim, seguindo o mesmo caminho. Eles faziam muitos planos para o futuro, sonhavam em realizar os seu sonhos, terem uma família, e serem um jovem casal para sempre...
        Anos se passaram, eles tiveram que passar por muitas dificuldades, a distância muitas vezes os impedia de se verem, mas nada foi capaz de apagar a chama do amor que ambos sentiam um pelo outro. Eles realizaram seu sonho de estar lado a lado um do outro, se casaram! O que muitos acharam que jamais iria dar certo, que era um sonho passageiro de adoslencente, durou o tempo nescessário para ficarem juntos. Mesmo apesar das critícas, e dos mal olhares, eles ficarem juntos e felizes ...
      Era uma tarde e maravilhosa, os passáros cantavam e voavam felizes para todos os lados, a brisa era fresca, as árvores dançavam entre elas derrubandos suas folhas no chão de terra molhada... Tudo parecia bem e lindo visto de longe, mas quando visto de perto era uma cena inexplicável... Uma bela criança de cabelos negros chorava, suas lágrimas saiam com abundância de seus olhos, soluçava e puxava a calça da mãe, chamando sua atenção, apontando para uma direção na qual um belo homem caminhava, suas costas largas eram bem visíveis, mesmo por de baixo de sua farda do exercíto, seus poucos cabelos loiros eram visíveis por de baixo da boina verde musgo, segurava uma mochila também fardada no ombro direito... Caminhava sem olhar para trás pois ele sabia que se olhasse, o sofrimento seria pior... Era uma cena linda e triste ao mesmo tempo. Aquela mulher saiu correndo na direção dele, tocou o seu ombro para poder vê-lo, mas do mesmo jeito que ela e a criança choravam, ele também chorava, não por fora, mas sim por dentro. A tristeza em ambos os olhares era fria e continham esperança entre eles, esperança que ele voltasse para casa, com vida ... Pois ele iria para a guerra.
         Um dia a mulher ligou a Tv de madrugada, pois não estava conseguindo dormir e estava passando uma reportagem sobre a guerra, ela não pode conter aguentar e desabou em lágrimas, ela não apenas chorava, seu coração fervia e sua alma gritava, pedindo socorro e proteção á Deus... Sua esperanças estavam quase por fim. O dia já estava amanhecendo quando o seu celular apitou duas vezes, ela havia recebido duas mensagens:
1ª -
- Eu sei que você não está se sentindo bem, pois então pare de chorar querida...
2ª-
- Eu te amo, e eu estou bem, não se preocupe, daqui á alguns dias eu estarei de volta em casa ...
Seu coração pulsou mais rápido, pois desde que quando eles eram ainda um casal adoslecente, ele sempre sentiu quando ela estava mal, por isso se acalmou e tentou dormir. 
      Doi meses se passaram e a mulher estava na cozinha preparando o café da manhã para sua filha, quando a doce menina perguntou:
- Mamãe, o pai vai voltar, não vai?
A mulher pegou a menina no colo e arrumou seus cabelos com gentileza e disse:
- Sim, minha querida, ele vai voltar, o papai do céu está protegendo ele...
A menina afundou o rosto por debaixo dos cabelos da mãe, e a abraçou com força, uma brisa soou leve da sala para a cozinha, fazendo com que o vestido cinza claro da mulher se soltasse um pouco mais de seu corpo...
- Vamos ir lá fora tomar um ar fresco? - Disse a mulher para sua filha.
- Vamos, mas posso levar minha boneca, mamãe? - Perguntou a menina.
- Claro que pode princesinha !
Já na varanda da casa, o ar era ainda mais fresco, a filha estava sentada na perna direita da mãe, acariciando sua boneca, a filha se parecia muito com o pai, tinha os cabelos e os lábios da mãe, mas tinha o nariz e o olhar do pai, que trazia esperança em quaquer cincunstância. A filha olhou no findo dos olhos da mãe e disse:
 - Mamãe, de vez em quando eu sinto o papai me dar um beijinho de boa noite quando estou dormindo, eu estou ficando maluca?
- Não minha linda, não está ! Eu também sinto ele me abraçando ...
As duas ficam em silêncio por alguns minutos até que a filha salta do colo da mãe e grita:
- PAPAI !!!
A mãe olha na mesma direção que a filha e encherga seu marido caminhando em direção a casa, seus olhos se encheram de lágrimas, mas dessa vez eram lágrimas da mais pura felicidade. A filha correu na direção do pai, que a pegou no colo e a apertou com delicadeza em um abraço. A filha disse:
- Papai? Por está chorando?
E ele respondeu:
- Minha linda, são lágrimas de felicidade!
A garota desceu do colo do pai e a mulher correu em direção em seus braços, se afogando em lágrimas, se afogando nele... O beijo de reencontro era lindo, intenço e cheio de emoção.
- Por favor, prometa não sofrer tanto quanto nesses ultimos dias, eu sinto seu sofrimento dentro de mim, não suporto senti-lá sofrer desde modo, e de modo algum, EU TE AMO!
Ela sorriu, olhou no mais progundo de seus olhos e disse:
- Eu prometo, EU TE AMO MUITO!!!

(História baseada em fatos reais, que eu vivo quase todos os dias)
Toca o meu coração todos os dias...
>> História by: Samantha Garrote <<

Nenhum comentário:

Postar um comentário